CONSELHOS

Como incentivar o instinto musical nos bebés?

Todas as crianças nascem com uma sensibilidade aos sons, mas apenas algumas têm a sorte de ter ouvido musical! Partir à descoberta do mundo sonoro é o que querem estes amantes da música. Embora muitas pessoas o afirmem, esta capacidade não é inata. O compositor Mozart, por muito grandioso que fosse, não tinha o gene de «génio», mas como se foi desenvolvendo na barriga da sua mãe num universo com vários sons, despertou mais facilmente para a música.. Se quer compreender o virtuosismo do seu bebé prodígio, o que vem a seguir vai interessar-lhe...

O desenvolvimento do ouvido musical nos recém-nascidos


Muito antes do nascimento

A audição do bebé desenvolve-se com o tempo. O bebé é sensível aos sons. As vibrações e os tons à sua volta já estimulam a pele e o aparelho auditivo.
Na barriga da mãe, a relação, embora passiva, que o bebé mantém com os sons tem efeitos positivos sobre ele. A música alivia o stress e desperta todas as funções cognitivas e físicas, permitindo-lhe desenvolver a sua inteligência.

Desde o nascimento

O bebé é capaz de reconhecer as suas músicas preferidas, as que lhe são mais importantes e as que ouviu regularmente durante a gravidez. Para o bebé se acalmar e manifestar interesse, basta pressionar a tecla «Play» do seu sistema Hi-fi! A música permite-lhe sentir emoções e uma sensação de proteção que lhe faz lembrar a segurança da barriga da mãe quando era embalado pelos batimentos do coração. Mas o poder da música não para por aqui... as melodias suaves ajudam o bebé a concentrar-se, a desenvolver a sua capacidade de audição, a estimular a sua ciatividade, a compreender melhor o mudo que o rodeia…

Quando for deitar o seu filho e para ele adormecer mais facilmente, ponha uma música que ele conheça ou uma música clássica, mas tenha cuidado com o volume. Os seus ouvidos sensíveis preferem música pacífica e calma em vez de sons demasiado elevados.
Sem dúvida que a música acalma a alma e contribui para o desenvolvimento saudável do seu filho.

Descobrir a música através das canções


Cante uma canção! As crianças adoram canções infantis, canções de embalar e canções de infância e quando gostam da música acompanham-na com as suas mãozinhas.

Gostam mais de umas vozes do que outras, mas a preferida é a sua. Desempenhe o seu papel de «vedeta» e não hesite em cantar ao som de uma música. Cada momento do dia é perfeito para um estilo de música diferente. Quando o bebé está mais descontraído o ideal é uma canção de embalar, quando o bebé está acordado, o melhor é uma canção divertida e ritmada. A música é um meio de comunicação divertido que oferece várias experiências: incentiva a sua capacidade de ouvir, de concentração, de memória e de sentido artístico!

Quando o bebé se torna músico...


A música contribui para o desenvolvimento geral do seu filho. Quando ele ouve música, todo o seu cérebro está envolvido. O bebé vai perceber que ouvir música e produzir sons são duas coisas muito diferentes graças ao seu incentivo. Reproduzir sons cativa e desafia o bebé.

O que escolher, brinquedos musicais ou instrumentos verdadeiros?

Os dois, mas prefira os instrumentos sólidos como o tambor e a harmónica… Alguns instrumentos musicais infantis são mais adequados do que outros, embora não haja uma idade específica para se sentir um verdadeiro músico! Por isso, só lhe vai poder dar um tambor, quando o bebé se mantiver na posição sentada. Uma vez que o bebé nesta fase leva tudo à boca, evite dar-lhe as baquetas e as maracas. Para melhorar a sua sensibilidade musical, deixe o bebé divertir-se enquanto deixa cair objetos ruidosos ou bate com uns nos outros!

Inscrever o bebé em aulas de música

Deixe o bebé divertir-se com os sons que vai fazendo «Boom! bum!» «toq-toq», quem sabe se mais tarde não se vai tornar num prodígio! A partir dos 3 anos pode inscrevê-lo numa escola de música. A música é abordada de um modo divertido. Os jogos, as danças e as canções também fazem parte da diversão. O bebé vai descobrir jardins musicais e mergulhar num universo de fantasia e de música. Além de desenvolver a sua criatividade e reflexão, a educação através dos sons facilita o desenvolvimento da linguagem, da leitura e da expressão enquanto incentiva a sensibilidade emocional e estética. Os seus laços sociais serão mais simples numa abordagem da música em grupo.

A música só traz benefícios e proporciona um enriquecimento completo. Guitarra, piano, flauta, violino, saxofone ou bateria: qual será o instrumento que o aprendiz de músico vai querer tocar...