CONSELHOS

Ir de férias com o bebé

enfants voiture-photo article haut t

Vamos onde e como?

Esperamos pelas tão desejadas férias o ano inteiro e finalmente chegaram! Decidir onde ir e como levanta algumas dúvidas aos pais... vamos fazer trekking nos Picos da Europa ou na Serra da Estrela? Vamos para a praia ou para o campo? De carro ou de comboio? Enfim, quais serão afinal os melhores destinos para ir com o bebé e qual o meio de transporte mais adequado?

enfants voiture-photo article bas t

Ir com o bebé de férias para fora do país


Uma boa ideia ou uma complicação?

Os pais mais dinámicos (aqueles que até saiem com o bebé à noite!) dir-lhe-ão que é facílimo porque um bebé não anda de um lado para o outro dentro do avião, ele não sofre de jet leg (pelo menos até aos 6 meses) e escapa das intoxicações alimentares se o estiver a amamentar. Para além disso, existem sempre condições em monumentos a visitar ou locais de turismo a pensar nos pais com filhotes para facilitar em tudo o que necessitam.

Ir para o estrangeiro com o bebé não é uma decisão completamente isenta de perigo, sobretudo se decidir ir para longe. Algumas semanas antes da partida, organize-se:

Uma consulta com o pediatra, tratar da vacinação recomendada para cada país (raiva, tifoide, febre amarela...), os objetos necessários ao bebé consante o destino (mosquiteiro para as noites, estojo de primeiros socorros... tudo o que é essencial na mala de férias de um bebé).

Agora as complicações... tratar do passaporte do bebé, dificuldades em encontrar fraldas no destino, nas regiões húmidas há o risco dos parasitas, nos trópicos, as ondas de calor e a complexidade que é esterilizar um biberão quando não se pode usar a água das torneiras...

Resumindo, é preciso ter consciência de todas as dificuldades que poderão encontrar no destino escolhido ao levar o bebé na viagem! Se quer mesmo sair do país, a Europa, os Estados-Unidos ou o Canadá podem ser boas escolhas para viajar com um bebé...

Outras ideias de destino para viajar com o bebé


Os grandes clássicos têm as suas vantagens... Mar, montanha, campo...

O clima à beira-mar

É um clima ótimo para as crianças, mas quando são umas férias muito ativas, o clima maritimo pode deixar os bebés mais irrequietos, como por exemplo ter dificuldade em dormir durante vários dias... A praia e os bebés não são necessariamente uma combinação perfeita. Deve esperar que o bebé consiga sentar-se para que ele consiga apreciar as brincadeiras na areia... sempre com proteção máxima, claro! Protetor solar de índice máximo, chapéu, óculos... e evitanto as horas de maior calor (das 12h às 16h).

Na montanha

Qualquer altitude superior a 1500 metros é difícil de suportar pelo bebé, portanto, idas à montanha, seja verão, seja inverno, não deve ser uma escolha de destino por enquanto. Lembre-se da «otite das montanhas». Ela surge duma forma rápida, nas subidas e nas descidas, e ocorre sobretudo se o bebé estiver constipado. Evite teleféricos e respeite descidas progressivas quando muda de altitude. Nomeadamente para crianças com asma e tal como o mar, o ar puro é muito benéfico, mas é obrigatório proteger o bebé com o famoso trio chapéu, protetor solar e óculos de sol.

No campo

Feche os olhos e imagine... uma casinha rodeada de verde, lugares com sombras, um clima temperado e uma afluência turística controlada, que vai poupar-lhe horas em engarrafamentos com um bebé esfomeado e, talvez, umas quantas noites em branco por causa dos ruidosos festejos que se ouvem na rua. É possível que tenha de tolerar alguns mosquitos, mas, de todas as férias possíveis, esse será o menor perigo para o seu bebé! Em resumo, no campo, a única missão dos pais será O DESCANSO!

Que transporte devo escolher para viajar com o meu bebé?


Vamos então comparar os diferentes meios de transporte para viajar com o bebé.

De avião

Este meio de transporte é desaconselhado a recém-nascidos (com menos de 2 semanas) e a bebés que sofram de otites frequentes. Um truque que deve adotar é pôr o bebé a beber na descolagem e na aterragem para que ele esteja a engolir e não tenha dores de ouvidos. Na maioria dos casos, as companhias aéreas têm miminhos para os bebés tais como a passagem gratuita até aos 2 anos (exceto taxas), embarque prioritário, berço para a viagem (sob pedido antecipado), casa de banho com muda-fraldas... Se viajar sozinha/o com o bebé, leve o carrinho bengala na cabine como bagagem de mão, vai precisar dele porque não tem mãos para tudo! Não se esqueça: prepare uma mochila com os seus brinquedos e o peluche preferido do bebé para o distrair ao longo de toda a viagem.

De carro

Viajar de carro com o bebé é uma verdadeira aventura dos pais que escolhem este meio de transporte para ir de férias com o bebé. O carro é quase como uma segunda casa, onde há sempre a tentação irresistítvel de levar tudo e mais alguma coisa, não vá ser preciso... lembre-se de ter ao pé de si (e não no fundo do porta-bagagens!) um saco para as necessidades repentinas como fraldas, saco para o lixo e uma muda de roupa... Obrigatório é que o bebé viaje instalado em equipamento homologado, cadeira-auto virada de costas para a estrada, no banco da frente ou no de trás. Se for à frente, não se esqueça de desligar o airbag!! De 2 em 2 horas devem fazer-se paragens para pausa e aqui usar a cadeirinha ovo, para proteger e aliviar as costas frágeis do bebé. Extremamente importante: NUNCA deixe o bebé dentro do automóvel ao sol, mesmo que ele esteja a dormir, já que implica grandes riscos de desidratação num bebé e levar até mesmo a consequências fatais.

De comboio

Ao contrário do que acontece de carro, quando viaja de comboio não precisa de parar de cada vez que precisa de mudar a fralda ou dar biberão ao bebé. Para além disso, o simples rodar do comboio sobre os carris tem um efeito de embalar e capaz de fazer adormecer o bebé. Para os bebés mais difíceis (sim, também os há!), de preferência, reserve um camarote para a família, isolado da carruagem e longe dos ouvidos dos outros passageiros! O único senão em viajar de comboio é que não pode ter as bagagens todas consigo e não é fácil viajar com um bebé com pouca bagagem! Informe-se junto da CP todas as opções disponivéis para ter a bagagem mais acessivel. A tranquilidade e a do seu bebé não têm preço!

E pronto! Agora que já conhece todas as vantagens e desvantagens dos diferentes meios de transporte, só falta escolher o destino para passar umas férias maravilhosas com o seu bebé!