CONSELHOS

Como ensinar o bebé a ir ao bacio?

Incentivar o bebé na aprendizagem da sua higiene!

A aprendizagem da higiene é uma tarefa hercúlea para muitos pais e se a criança só entrar no infantário a partir dos 2 anos e meio, essa missão complica ainda mais. E como não há lei nenhuma que impeça as crianças de ir para o infantário já sem fralda, vão ser duas novidades para gerir em simultâneo! Por isso, os pais entram em stress e revelam uma certa tendência para se precipitar. Mas qual é o caminho que devem seguir para ajudar os filhos na aprendizagem da higiene?

A idade ideal para usar o bacio


Esta é, de facto, uma questão cultural. Em muitos países ocidentais, os pais têm tendência para dizer que quanto mais cedo tirar as fraldas melhor. Noutros países, a aprendizagem da higiene surge de uma forma natural por volta dos 3 anos. Como ponto de referência, pode ir treinando o bebé a ir ao bacio quando ele começar a andar ou a subir escadas sem dificuldade. Mas para isso o bebé tem que querer e ser fisiologicamente capaz de controlar os seus músculos esfíncteres. É por volta dos 2 ou 3 anos que o sistema nervoso do bebé atinge maturidade e a ligação “xixi-bacio” pode então ser feita.

Deixar as fraldas


A ansiedade para usar o bacio existe, não é um mito. O bebé não entende a necessidade de não usar mais as fraldas, afinal de contas não nos podemos esquecer que ele as usa desde que nasceu, em casa, na creche, em casa da avó...

Começar a usar o bacio não é uma questão assim tão óbvia. Algumas crianças podem ficar ansiosas com a ideia de terem que se separar de “algo” que lhes pertence.

Seja paciente e incentive o bebé


Ir ao bacio não deve ser um bicho de sete cabeças e obrigar e fazer pressão sobre o bebé para o fazer não vai ajudar a acelerar o processo. Por isso, tenha muita paciência e dê-lhe sinais de encorajamento! Faça questão de o elogiar e bater palmas sempre que fizer as necessidades no bacio, sentir esse apoio e orgulho dos papás vai fazer com que a criança queira repetir a proeza.

Quando chega uma nova irmãzinha ou um novo irmãozinho pode ocorrer um ligeiro retrocesso no processo, mas não se preocupe, porque isto é uma forma de ele chamar a atenção. É preferível dar-lhe tempo para ele se habituar a este novo ambiente familiar do que chateá-lo e e correr o risco de a situação se agravar.

Com o bacio, o redutor e o degrau por perto, tem tudo o que é preciso para que a aprendizagem da higiene seja feita da melhor forma!

Descubra a nossa seleção de Higiene, Cuidados e Banho em vertbaudet.pt.

Fontes: Elever bébé (éditions Hachette), Marcel Rufo et Christine Schilte