CONSELHOS

O que acontece na ecografia do 2º trimestre?

Para que serve?

A segunda ecografia, chamada de "morfológica", é realizada no quinto mês de gravidez e é um exame fundamental para garantir um crescimento saudável do bebé. É nesta ecografia que se despistam algumas malformações do feto e é também com ela que se observam e decide a eventual necessidade de algum acompanhamento especial.

Está a preparar-se para a segunda ecografia?


As listas de espera são longas, por isso marque a sua o mais cedo possível no hospital ou no consultório que lhe foi indicado pelo seu médico assistente. A ecografia do segundo semetre deve ser feita entre a semana 20 e 22 de gestação (22 a 24 semanas de amenorreia).

Beba dois litros de água por dia

Comece por beber, pelo menos, 2 litros de água por dia nos 15 dias que antecedem a segunda ecografia... se ainda não adquiriu este bom hábito, este é o momento de o fazer. Desta forma, vai ter líquido amniótico suficiente e as imagens na ecografia vão ser bastante melhores. Por outro lado, não beba quatro cafés ou chás por dia porque são bebidas diuréticas.

Evite usar gel de banho e creme

Alguns produtos tornam a pele impermeável aos ultrassons, por isso, desconfie de alguns sabonetes, géis de banho, leites hidratantes, cremes antiestrias e óleos para o banho. Opte por sabonetes sem aditivos para usar durante toda a gravidez, tipo sabonete de Alepo.

Não leve a família!

No dia da ecografia, vá sozinha ou com o seu parceiro. A ecografia do segundo trimestre é a mais longa (demora cerca de 30 minutos) e, se já tem filhos, não é boa ideia levá-los consigo. O médico tem de estar atento e precisa de calma para se concentrar e falar consigo. Para além disso, é um reencontro com o seu bebé, é importantíssimo que tenha um ambiente tranquilo para usufruir ao máximo deste momento.

O que vai ver durante esta consulta?


Uma observação geral do bebé

O médico que faz a ecografia espalha um gel na barriga para otimizar a transmissão dos ultrassons e, com a sonda, percorre toda a zona do abdómen. O seu bebé vai aparecer no ecrã, nesta altura, já mede cerca de 20 centímetros e pesa entre 500 e 700 gramas. O médico faz uma observação global do feto, verificando a sua posição, os braços, as pernas, a cabeça e, desta forma, elimina já a possibilidade de existir uma malformação mais grave (por exemplo, a ausência de um membro).

Os seus órgãos um a um

Se o feto estiver de costas, o médico começa pela coluna vertebral, pelo pescoço, pelos rins, etc. Se estiver de frente, ele verifica o rosto, as estruturas do cérebro, o pescoço, a parede abdominal, o coração, os pulmões, a bexiga. O médico vai verificar se cada órgão está bem formado e no lugar certo. Os órgãos genitais estão visíveis e, se desejar, pode ficar a saber o sexo do seu bebé.

As suas medidas

Depois, são feitas as medições para certificar que o feto se está a desenvolver corretamente: diâmetro e perímetro da cabeça e do abdómen, tamanho do fémur, do cerebelo, do pé... Estas medidas são comparadas às curvas de referência (média dos fetos da mesma idade).

A ausência de anomalias

O especialista volta à observação do coração. Regista a frequência cardíaca, mede a velocidade do sangue no cordão umbilical e faz o doppler das artérias uterinas, o que lhe vai permitir excluir o sofrimento fetal. Ele regista também a localização exata da placenta, um dado importante para o parto e procura todas as patologias que possam conduzir a um tratamento específico logo a partir do nascimento (fenda palatina ou deficiência cardíaca, por exemplo) ou que possam impedir que o bebé sobreviva.

As respostas às suas perguntas


Quando é que vou fazer a próxima ecografia?

Se a sua gravidez estiver a decorrer normalmente, a ecografia do terceiro trimestre é feita entre as 32 e as 34 semanas de amenorreia. No caso da sua gravidez necessitar de um acompanhamento mais aprofundado, o seu médico irá prescrever-lhe uma ecografia adicional.

Tenho de exigir que esta ecografia seja feita por um médico?

Sim. Não se deixe enganar pelas "falsas" ecografias que lhe propõem algumas empresas privadas; os funcionários dessas empresas não têm qualquer formação médica que lhes permita interpretar uma ecografia. São apenas «fotografias de recordação» que sujeitam o feto a doses extras e desnecessárias de ultrassons.