CONSELHOS

A evolução do bebé:

Durante o primeiro ano, a evolução do bebé é incrível e com o passar dos meses o pequenito vai crescendo e desenvolvendo. Desde gatinhar até aos primeiros passos tímidos passando pelas primeiras palavras... O ritmo do seu crescimento é simplesmente impressionante. Eis as principais etapas que vão marcar os seus primeiros doze meses!

Os primeiros dias do bebé


Nos primeiros dias, o bebé dorminhoco ainda não sabe a diferença entre o dia e a noite e, para o ajudar a fazer esta distinção, basta deixar a luz natural entrar durante o dia quando o bebé está a fazer a sesta e fechar as janelas à noite. O sono do bebé, seja profundo ou leve, é essencial e tem um papel fundamental no seu crescimento, por isso não há motivo nenhum para o acordar, nem que seja para lhe dar o biberão! Em média, são necessárias 15 a 20 horas de sono diário para o bebé recuperar de todas as suas emoções.
Apesar de ainda não ver bem, o bebé já se sente encantado pela mamã. As suas formas, o seu rosto, os olhares, tudo fascina o bebé e ele já a segue com o olhar, já reconhece o seu rosto e a sua voz! E também já vai mostrando os seus encantos, através de sinais, como por exemplo quando sorri para si.

O bebé de 1 aos 3 meses


Nesta altura, o bebé já faz muitos sons através do choro e de vocalizações! Durante as primeiras semanas, a indignação, a frustração, a fome, as dores e a satisfação, exprimem-se através de gritos e de choros. Durante os primeiros três meses, vai começar também a responder ao som da sua voz com vocalizações e a palrar. Brinca com as vibrações da sua garganta através de sílabas como «gaga baba…» e brevemente começará a dizer «mamã e papá»! As vocalizações das primeiras semanas ficaram para trás e já se nota um grande progresso na sua linguagem à medida que vai imitando os sons à sua volta. Pouco a pouco ele vai adquirindo a sua linguagem numa viagem repleta de imitações e de aproximações.

As creches, os infantários, a família, têm uma função importante na aquisição da sua linguagem, uma vez que ele adora que passemos tempo com ele e que o estimulemos socialmente. As carícias acalmam-no e tornam-no consciente do seu corpo. O cheiro natural e o calor do corpo dos pais faz com que se sinta seguro. O bebé sente fascínio por si, por isso não se surpreenda se ele ficar a olhar fixamente para si durante muito tempo! A partir do segundo mês, é capaz de associar um acontecimento a outro. No terceiro mês, a sua coordenação geral e a visão melhoram e o bebé já consegue seguir um objeto com os seus olhos. A partir desta altura, as cores e os contrastes também chamam a atenção. À medida que as suas capacidades motoras, visuais e cognitivas se vão desenvolvendo, ele vai-se tornando cada vez mais independente.

O bebé dos 4 aos 7 meses


A partir dos quatro meses, o bebé começa a ter maior controlo sobre o seu corpo. A sua visão já é melhor e, motivado pela curiosidade, ele descobre o mundo de gatas ao agarrar objetos que estão ao seu alcance e a levá-los à boca. Tenha cuidado porque a vontade que o bebé tem de explorar o que o rodeia, pode trazer alguns perigos! Ele demonstra interesse por brinquedos que estimulam a sua aprendizagem motora e intelectual e o seu primeiro brinquedo é o seu próprio corpo. Ele agarra os pés, põe as mãos na boca, esfrega-as... As suas habilidades continuam a desenvolver-se e o bebé consegue agarrar mais facilmente tudo o que o rodeia.

Nesta altura, o seu filho já não é um recém-nascido e mostra-lhe que tem uma capacidade de atenção e de memória maior.
No sexto mês, usa a linguagem gestual para comunicar, agita os braços e as mãos. Enquanto procura o seu equilíbrio, força e coordenação vai fzendo alguns movimentos tais como virar-se e começar a sentar-se sozinho. O mundo que o rodeia é agora um espaço de brincadeira e descoberta, mas o que ele mais gosta é de a imitar e seguir o seu exemplo.

O bebé dos 7 aos 9 meses


Dos sete aos nove meses, o seu filho passa o tempo todo a ouvir, a olhar, a tocar e tudo o fascina. Nesta fase, ele já é capaz de se concentrar e de examinar os objetos de todos os ângulos.
Agora que a visão melhora de dia para dia, já consegue ver bem à distância e já examina o ambiente que o rodeia com grande interesse. Começa também a descobrir as pernas e a mexer-se para cima e para baixo, a gatinhar e a sentar-se. Ele tornou-se mais forte e tonificado. (leia também: "os primeiros passos do bebé")

O bebé dorme cada vez menos e já come as suas refeições na cadeira alta. Cada vez mais ativo, adora brincar com jogos que envolvam a família e onde hajam expressões faciais para que se possam divertir.
Já compreende o significado de «não!», e expressa-se através de sílabas e brevemente vai poder dizer «papá» e «mamã», para grande alegria da família.
É nesta altura que também aparecem os primeiros dentinhos…

O bebé dos 10 aos 12 meses


Já passaram dez meses e os progressos psicomotores que o seu filho fez dão-lhe autoconfiança. Já consegue agarrar o biiberão sozinho e levantá-lo quando acaba de beber. Dependendo da criança e do seu próprio ritmo, umas gatinham, outras arrastam o rabo, muitas delas já se deslocam pela casa agarradas aos móveis de uma forma quase independente. Adoram construir e destruir, atirar um objeto, brincar com uma bola... Deixe-o ter as suas primeiras experiências autónomas, tudo isto vai ajudá-la a crescer.

O bebé já toma as suas decisões, já diz sim ou não com a cabeça para exprimir os seus gostos e já fala consigo ao dar nomes ao objetos. Já compreende cerca de 30 palavras e este é um momento de comunicação muito importante para si e para ele, assim como será o momento em que vai começar a andar, muito em breve!